Vacinação contra o Sarampo entra na última semana em Buíque

Vacinação contra o Sarampo entra na última semana em Buíque

A Prefeitura de Buíque vem intensificando a campanha de vacinação contra o Sarampo que entrou na sua última semana. Até dia 30 a meta é vacinar cerca de 7.800 pessoas em todo o município e para isso, a secretaria de Saúde vem desenvolvendo várias ações nas Unidades Básicas de Saúde e nas ruas e bairros da cidade e distritos.

Segundo a Secretária Janice Rodrigues, toda a equipe foi convocada a redobrar os esforços no sentido de bater a meta definida pelo Ministério da Saúde que é de 7.888 adultos, de 20 a 29 anos, a serem vacinados em todo o município de Buíque. No próximo sábado acontece o Dia D da campanha com as unidades de saúde abertas para vacinar contra o Sarampo quem ainda não procurou se imunizar.

Dentro da programação da campanha de buscar as pessoas para se vacinarem, está programada pela Secretaria de Saúde duas ações externas que vai adentrar o horário noturno, beneficiando diretamente os trabalhadores e trabalhadoras que não tem tempo durante o dia para se imunizarem.

Nesta quinta-feira acontece na Praça da Vila João Godoy uma ação de vacinação contra o Sarampo para os adultos entre 20 e 29 anos, das 16h30 às 19h. Um estande da prefeitura será montado na praça para atender a população. Já na sexta-feira, essa mesma ação chega a Praça Ubiratan Lopes, das 16h às 19:30h. A Secretaria de Saúde recomenda que as pessoas levem seu cartão de vacinas e cartão do SUS.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização em Buíque, a enfermeira Michelle Novaes, lembra que é importante as pessoas se vacinarem para que possamos proteger toda a população do vírus do Sarampo que é transmitido através do contato com gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela tosse, espirra e respira.

O sarampo é causado por um vírus altamente contagioso – 90% das pessoas sem imunidade que compartilham espaços com pessoas contaminadas contraem a doença que em 2017 matou mais de 110 mil pessoas no mundo. O número de registros confirmados de sarampo no país já soma 10.429 casos desde o início de 2019. As confirmações foram feitas por análise laboratorial (79%) ou critério clínico (21%). Pelo menos 15 pessoas já morreram devido a doença.

A vacinação é a melhor forma de proteção contra o sarampo e, mesmo depois que a doença já tenha começado a se espalhar, a vacina ainda pode reduzir o número de casos e mortes. A dificuldade está no fato de pelo menos 95% das pessoas precisarem estar imunizadas para prevenir novos surtos.

 

Sobre o autor

Profissional de Mídia e Assessoria de Imprensa.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *