Prefeitura de Buíque leva centenas de agricultores para participar do Dia do Agricultor em Pesqueira

Prefeitura de Buíque leva centenas de agricultores para participar do Dia do Agricultor em Pesqueira

Com uma vasta programação preparada pela Cáritas Diocesana de Pesqueira, agricultores de todo o Estado puderam participar das comemorações do Dia do Agricultor. Entre os dias 25 e 26 de julho milhares de agricultores prestigiaram a Exposição da Agricultura Familiar, a Feira da Agricultura Familiar, as Atrações Culturais da Região e os Shows dos cantores Maciel Melo e Jorge de Altinho.

Porém um momento marcante em todo o evento, certamente é a gigantesca caminhada pelas causas da agricultura. Um momento tão importante como esse teve a participação da Prefeitura de Buíque com as Secretarias de Agricultura e a Secretaria da mulher. Além do próprio Governo Municipal que faz questão de participar e levar o máximo de agricultores ao evento. No primeiro dia de evento, logo cedo, foi oferecido às autoridades um café da manhã a convite do Bispo Diocesano, Dom Luiz Sales. Com o objetivo de comemorar o Dia Internacional da Agricultura Familiar e alcançar a segurança alimentar sustentável, o movimento produz grande exemplo de compromisso com a causa. No Brasil, a Agricultura Familiar emprega cerca de cinco milhões de famílias.

Os agricultores se concentraram na frente do palco que foi montado para os shows na Praça Dom José Lopes, em Pesqueira. Há 5 anos, o evento acontece e não seria diferente em 2019. Os festejos já faz parte do calendário dos agricultores e este ano o tem escolhido foi “Agricultura Familiar: Da Terra para a sua Mesa”. Foram oferecidas palestras, oferta de serviços nos espaços, como Compesa, Celpe e Uninassau.

Houve a participação da Rede de Mulheres Empreendedoras e a abertura do Dia dos Agricultores foi realizada com apresentação das Quilombolas buiquenses.

Após o ato público da caminhada, também foi oferecido um almoço no Espaço Ford. Mais uma vez Buíque brilhou em um movimento dessa grandeza, pois o município sobrevive em sua grande parte da agricultura e pecuária.

Sobre o autor

Comunicóloga, habilitada em Jornalismo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *