Crianças começam a serem vacinadas contra a Covid-19 em Buíque

A prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Saúde, iniciou na manhã desta segunda-feira (17), a campanha de vacinação das crianças de 05 a 11 anos de idade contra a Covid-19. Os primeiros vacinados foram uma menina indígena de 11 anos, da comunidade Caldeirão; e um garoto que é atendido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. Nas redes sociais, o prefeito Arquimedes Valença comemorou o início da imunização das crianças buiquenses.

“Começamos ontem a vacinação de nossas crianças de 05 a 11 anos de idade contra a Covid-19. Uma alegria para os pais que esperavam por essa dose de esperança para seus filhos. Os primeiros pequeninos a se vacinarem foram Thayne Silva do Nascimento, da comunidade indígena Caldeirão; e o pequeno João Veríssimo, da APAE. Duas crianças que simbolizam a esperança de novos dias para nossa terra e nossa gente”, afirmou.

A vacinação segue nas Unidades Básicas de Saúde, sempre a partir das 08h00. Segundo o Programa Nacional de Imunização de Buíque, nessa primeira fase da campanha foram incluídas as crianças com comorbidades.

Estão sendo imunizadas neste primeiro momento crianças com doenças neurológicas crônicas, síndrome de Down, autismo, Diabete Mellitus (Tipo1), crianças com condição insulino-dependente, Pneumopatias crônicas graves, Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) em uso de medicação, Doenças cardiovasculares, Doença renal crônica, Imunossuprimidos e Cirrose hepática.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, para vacinarem seus filhos os pais devem levar a caderneta de vacinação da criança, Cartão do SUS e CPF do menor, para facilitar o registro da aplicação no sistema. Para aqueles que não tiverem, a não apresentação não impede a vacinação. A criança poderá estar acompanhada de qualquer responsável maior de 18 anos: pais, avós, tios, padrinhos e irmãos.

No caso das crianças com comorbidades que receberão a vacina antecipadamente, é preciso apresentar qualquer comprovante que demonstre a existência da comorbidade: exames, receitas, relatório médico, prescrição médica etc.

Postado em Saúde, Vacina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.