Buíque concorre ao certificado do Selo Unicef 2017-2020

Buíque concorre ao certificado do Selo Unicef 2017-2020

Nesta terça-feira (08), das 9h45h às 11h, Buíque e mais de 1.900 municípios de 18 estados do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira acompanham ao vivo, em evento virtual, ao anúncio dos municípios certificados com o Selo Unicef 2017-2020 por seus avanços na garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Deverão ser premiados mais de 400 municípios e Buíque está entre os concorrentes a conquista do Selo.

Em Buíque, o prefeito Arquimedes Valença (MDB), ao lado da Secretária de Assistência Social, Teófila Valença; do articulador do Selo Unicef, o secretário da Juventude, Matheus Albuquerque; Marilan Belisário (Educação), Janice Rodrigues (Saúde), representantes do CONDICA e do NUCA, e alguns poucos convidados vão acompanhar a divulgação dos municípios certificados em cerimônia restrita na Escola Engenheiro Kalysson de Freitas, devido a pandemia.

O evento será apresentado por Bruno Gagliasso e Thaynara OG, e contará com a presença de Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil; embaixadores do UNICEF no Brasil – Renato Aragão, Daniela Mercury, Lázaro Ramos e a personagem Mônica – e outros convidados.

Quem quiser acompanhar também pode acessar o link do evento que será transmitido pelo Youtube do UNICEF no Brasil: (https://youtu.be/U3G_eRLCQ3I) e pelas redes sociais do Unicef (https://www.facebook.com/UNICEFBrasil)

O Selo UNICEF é uma iniciativa do UNICEF para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Na edição 2017-2020, os municípios que recebem o Selo UNICEF se destacaram por avanços na garantia dos direitos de meninas e meninos a educação, saúde, proteção contra a violência e participação social.

A Edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de 1.924 municípios de 18 Estados brasileiros. Eles assumiram perante o UNICEF o compromisso de implementar políticas públicas para a redução das desigualdades e de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Sobre o autor

Profissional de Mídia e Assessoria de Imprensa.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TAMANHO DE FONTE
CONTRASTE
Share via
Copy link
Powered by Social Snap