Buíque dá a largada na vacinação dos professores municipais  

Na tarde desta quinta-feira (27), pelo menos cinco professores que atuam na rede municipal de ensino de Buíque deram a largada na campanha de vacinação contra a Covid-19 para esse novo segmento considerado prioritário pelo Governo do Estado. Segundo Michelle Novaes, do PNI Buíque, em entrevista ao blogueiro Adauto Nilo, a vacinação geral dos professores municipais começa na próxima semana.

“A partir de segunda-feira, dia 31, vamos iniciar em Buíque a imunização de todos os professores ativos, que estão em sala de aula e atuam na rede municipal de ensino do município. Tem que fazer parte do quadro de servidores da secretaria de Educação de Buíque para receber a dose da vacina”, afirmou. Para se imunizar, os professores precisarão levar um documento que comprove seu vínculo profissional com o município.

Amanhã, a Coordenadora do Programa Nacional de Imunização – PNI de Buíque, Michelle Novaes, deverá dar todos os detalhes da norma técnica que o Governo do Estado irá liberar sobre a vacinação dos profissionais da Educação em Pernambuco. Quem poderá ser vacinado, os critérios e exigências para isso serão detalhados.

Os primeiros professores imunizados receberam a dose da vacina da AstraZeneca na sede da Gerência Regional de Educação – GRE do Moxotó/Ipanema, em Arcoverde. Entre os primeiros vacinados, estão os professores Kerlles Gilmarques, Emanuelle Silva Vieira, Maria Cilene, Tânia Rejane e Geralda Félix que receberam a primeira dose do imunizante. Para eles, “um sonho que se realiza e uma nova vida que recomeça com esperança renovada”.

Segundo Marilan Belisário, a vacinação dos professores vinha sendo buscada junto aos órgãos de saúde do estado incansavelmente. “Sempre estivemos em contato com a secretária Janice, com a secretaria estadual de Educação, reforçamos nosso apelo com a reivindicação dos professores que também estavam nessa luta de entrar nos grupos prioritários e hoje, graças a Deus, começamos a ver essa luta se concretizar”.

Publicado em Coronavírus, Covid-19, Educação, Saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *