Buíque vai implantar o Projeto Brasil Mais Cooperativo

O ano de 2022 deve representar um grande salto para o cooperativismo no município de Buíque. Na última terça-feira (22), o Secretário de Abastecimento e Agricultura, Aldy Regis, deu o primeiro passo para a implantação do Projeto Brasil Mais Cooperativo no município. Para isso, recebeu a Diamantina Projetos LTDA que fez a apresentação do projeto.

Participaram da apresentação ainda, a Secretária Adjunta Thays Nascimento e o Médico Veterinário Augusto Aragão, receberam os representantes da Diamantina Projetos LTDA, Júlio Patriota e Adriana de Lyra, que detalharam o projeto que será implantado em Buíque através da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (ANATER).

O Brasil Mais Cooperativo visa à ampliação da aquisição de alimentos da agricultura familiar por meio das políticas públicas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa Alimenta Brasil (PAB) fornecidos por empreendimentos do setor.

Entre as ações a serem desenvolvidas, está a implantação de projetos de educação, formação e capacitação em cooperativismo e associativismo rural, voltados para técnicos, dirigentes, associados e familiares dos associados. Além de possibilitar a qualificação da gestão e a organização da produção, o programa tem o objetivo de promover a internacionalização dos produtos, a formação de redes produtivas e a realização de intercâmbios de conhecimento e de experiências entre cooperativas e associações.

A implantação do projeto em Buíque seguirá treze (13) etapas, iniciando com a reunião de Sensibilização de Gestores e agentes Públicos, Encontro municipal sobre PNAE e PAB; Reunião de mobilização dos Empreendimentos; Atendimentos individuais aos potenciais compradores; Cadastro e Diagnóstico produtivo, logístico e operacional; Reunião Regional de Nutricionistas com foco no PNAE; Curso sobre legislação e procedimentos de compras institucionais.

O cronograma ainda prevê oficina de elaboração de cardápios e atendimento de normas nutricionais do PNAE e PAB; Elaboração de Plano de Trabalho de acesso ou ampliação de mercados; Atendimentos individual em Ater; Apresentação de Projetos / Propostas de Venda; Encontro de oportunidade de negócios e; Relatório de avaliação do projeto.

Segundo o secretário Aldy Regis, “a Secretaria de Agricultura vai ficar à disposição para agilizar o processo de implantação do projeto, uma vez que serão beneficiados vários agricultores familiares do município, que irá alavancar o aumento da renda familiar em Buíque”.

Postado em Abastecimento, Agricultura, Alimentação, Empreendedorismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.