Buíque promove Dia D da Vacinação contra a Gripe na sexta e sábado

A prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Saúde, realiza nesta sexta-feira (dia 09) e sábado (dia 10), os Dias D da VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE e agora liberada para a população em geral com idade a partir dos seis meses. Para se vacinar, basta comparecer as unidades de saúde de acordo com a programação definida:

Na sexta-feira, dia 09 de julho, das 08h às 16h, acontece o Dia D da Vacinação contra a GRIPE nas Unidades Básicas de Saúde da cidade, distritos e zona rural. Basta comparecer com um documento oficial e a caderneta de vacinação (obrigatória para crianças e adolescentes).

Já no sábado, dia 10 de julho, a VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE vai acontecer no POLO DE VACINAÇÃO do Pátio de Eventos São Sebastião, das 08h às 14h. Neste dia, o local será exclusivo para a vacinação contra gripe para todas a população a partir dos 06 meses de idade.

IMPORTANTE: As pessoas que tomaram ou vão tomar uma das doses da vacina contra a Covid-19 devem respeitar um intervalo de pelo menos 14 dias entre as duas vacinas.

A Secretária de Saúde, Janice Rodrigues, alerta para a importância dos buiquenses se vacinarem contra a gripe. “É uma vacina eficiente, já comprovou isso nas campanhas passadas, principalmente para reduzir casos graves como síndromes respiratórias que podem, inclusive, dificultar o diagnóstico de outras doenças, como a Covid-19”, afirmou.

Apesar de ter aberta a vacinação para toda a população, a campanha segue imunizando o chamado Público Prioritário, que são aquelas pessoas que podem desenvolver formas mais graves da doença e a preocupação é ainda maior no inverno.

Fazem parte dos grupos prioritários: pessoas acima dos 60 anos, professores, crianças de seis meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, trabalhadores da saúde, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade.

Postado em Saúde, Vacina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.