Buíque obtém bom índice em ranking realizado pela Sudene do Governo Federal

Buíque obtém bom índice em ranking realizado pela Sudene do Governo Federal

Na quinta-feira passada (13) a Prefeitura de Buíque esteve presente na divulgação do ranking realizado pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) sobre os municípios que melhor aplicam os recursos financeiros.

Foi na sede da Amupe (Associação Municipalista de Pernambuco) que diversas Prefeituras receberam prêmios pelo destaque na “Qualidade dos Gastos Públicos”. Os municípios receberam notas calculadas através de indicadores que avaliaram o desempenho da gestão em relação as despesas sociais, investimentos e equilíbrio financeiro. Apesar de Buíque não estar entre os vencedores, o município se destacou no quesito equilíbrio financeiro, dado a responsabilidade nos gastos públicos. A Secretaria de Finanças de Buíque certamente teve um ano muito difícil e complexo pela falta de recursos, por conta do momento crítico econômico e político que o Brasil vem enfrentando.

Com o objetivo de trazer aos gestores a importância de uma gestão fiscal eficiente, o evento contou com a participação de Prefeituras de todo o Estado de Pernambuco. E, foram utilizados dados adquiridos através do Tesouro Nacional com o levantamento Finanças do Brasil.

Os municípios foram classificados por números de habitantes que iam de 20 mil, 20.001 até 50 mil, de 50.001 até 150 e acima de 150 mil. E, em mais uma classificação foram distribuídas em outros três indicadores (investimentos por receita líquida corrente, despesas sociais e equilíbrio financeiro) e assim, estabeleceram uma média ponderada final.

Sabendo que Buíque já teve seu índice de IDH em último lugar no Estado de Pernambuco, há de se comemorar uma qualificação média, visto que ainda melhor se classificou no quesito equilíbrio financeiro ocupando o segundo lugar. Pesqueira foi o município vencedor dessa mesma classificação. As prefeituras que se destacaram em primeiro lugar de cada indicador foram premiadas, além das três melhores do ranking geral. Os participantes com os menores índices receberão uma capacitação oferecida pela Sudene e em parceria com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Em apenas dois anos de gestão Buíque começa a ter equilíbrio financeiro em destaque, através da cooperação, organização e competência de uma gestão compromissada em resgatar os valores e investimentos perdidos ao longos dos últimos anos.

Sobre o autor

Comunicóloga, habilitada em Jornalismo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *