Mobilização de Vacinação movimenta as escolas de Buíque

A Secretaria de Saúde de Buíque está mobilizando a sociedade através do PNI para a vacinação contra HPV e Meningite C para a importância da prevenção para adolescentes.

Segundo a equipe responsável pela mobilização, diversas escolas e postos estarão oferecendo as vacinas até o dia 31 de março. Meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos receberão a vacina contra HPV e meninas e meninos de 11 a 14 anos receberão a vacina contra Meningite C.

A vacina de HPV foi incluída no Calendário Nacional de Imunização do Ministério da Saúde em 2014. Segundo o ministério, a vacina HPV é segura, eficaz e trata-se da principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, a quarta maior causa de morte entre mulheres no Brasil. Nos homens, protege contra tumores de pênis, orofaringe e ânus. Além disso, evita mais de 98% das verrugas genitais que geralmente é de difícil tratamento. Já a Meningite C corresponde a um grave processo inflamatório das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Em geral, a transmissão ocorre por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas, assintomáticas ou doentes.

Para o município é mais importante prevenir, pois evita os transtornos e sequelas provenientes de tais doenças. Dessa maneira a Prefeitura de Buíque através das equipes desenvolvidas pela Secretaria de Saúde desempenha um papel fundamental para a sociedade, disponibilizando de todos os materiais para que a vacinação chegue a todas as comunidades para que assim, o município ocupe os melhores índices e metas nos registros da VI GERES. Pelo planejamento do ministério foram investidos mais de 500 milhões em Vacinas no Brasil. Para o sucesso da mobilização, é necessário que todas as pessoas se conscientizem da importância da vacinação em Buíque.

Mobilização de Vacinação nas Escolas - 03/2018

Buíque alcança metas de vacinação

Desde o início do ano a Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Saúde, vem se empenhando em dar uma Saúde de melhor qualidade à população. Neste intuito, foram investidos recursos em medicações e equipamentos. Já as vacinas recebidas pelo Ministério da Saúde que preza pela prevenção, reduzindo as taxas de atendimento por doenças no município.

Este trabalho reduz diretamente nos futuros números de gastos públicos com as próprias medicações conduzidas por atendimentos hospitalares, bem como reduz o risco de mortalidade por enfermidades. De acordo com a Secretaria de Saúde, Buíque alcançou mais de 11 mil pessoas vacinadas contra a gripe H1N1, os vacinadores e toda a equipe de Saúde foram fundamentais para colocar Buíque como a segunda cidade que mais se preveniu através da vacinação de acordo com número de habitantes.

Diante desse fato, é notória a resiliência dos profissionais de Saúde em colaborar em dias difíceis na melhoria e reestrutura de uma Saúde que aos poucos está saindo de um caos completo. Muito está sendo feito por conta da colaboração dos funcionários que se empenham dia após dia enfrentando os obstáculos com o desejo de ver a cidade se desenvolver com qualidade no atendimento a qualquer cidadão que precise de cuidados médicos. Além de uma gestão preocupada em atender de forma humanizada e eficaz, investindo os recursos nas áreas mais demandadas, transferindo os gastos públicos para a população buiquense.

Prefeitura de Buíque vacina cães e gatos de todo município

A raiva é uma doença viral e infecciosa, transmitida por mamíferos. O último caso da doença em humanos, transmitido por cão, no Estado de Pernambuco, foi por volta de 2006. Porém nos animais, houve registro no ano passado.

Por isso, a Prefeitura de Buíque, através das Secretarias de Saúde e meio Ambiente, promoveu a campanha D, Dia de vacinação antirrábica do município, no último sábado (27). Para isso, foi disponibilizado vacinas, com o objetivo de imunizar animais em toda cidade, em dois pontos distintos: Rodoviária e Clube Municipal.

Com a ação, a Prefeitura de Buíque e a Vigilância Sanitária, espera que cada vez mais o respeito e cuidados aos animais sejam preservados.  E, que a melhor forma de prevenção, é a vacinação. Quem não conseguiu vacinar seu bicho de estimação deve procurar as Secretarias de Saúde ou Meio Ambiente para maiores informações. Pois, a saúde dos animais depende de quem cuida.

Foi um dia eficaz no combate a raiva, muitos animais foram vacinados, os pontos de vacinação em todo o município ficaram à disposição da população das 8h às 16h. Ainda foram disponibilizadas vacinas em diversos distritos e regiões.

Centenas de buiquenses tomaram vacina no “Dia D”

Diante de tantas formas encontradas pela Secretaria de Saúde em combater a gripe, dia D, é completamente produtivo. Desde a manhã do último sábado (13), enfermeiros e técnicos se desdobraram para atender toda a população que queria receber a vacina H1N1 contra a gripe.

Idosos, crianças menores de cinco anos e gestantes fazem parte do grupo de risco. Assim como profissionais da Saúde, puérperas e portadores de doenças crônicas. Marcando, esse movimento como um dos melhores da Saúde buiquense. Até agora, centenas de pessoas foram vacinadas contra a Gripe H1N1.

Os sintomas da gripe H1N1 são bem parecidos com os da gripe comum e a transmissão também ocorre da mesma forma. O problema da gripe H1N1 é que ela pode levar a complicações de saúde muito graves, podendo levar os pacientes até mesmo à morte. A Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Saúde, informa que a população tem até o dia 26 para tomar a vacina.

Visualizar fotos