Prefeitura de Buíque devolve a magia dos grandes carnavais aos buiquenses

O som que ecoava por vários pontos de uma cidade que respira carnaval era o frevo.  Realizando a maior festa de interior de Pernambuco, a Prefeitura de Buíque, trouxe com o carnaval o brilho no olhar, os sorrisos aos buiquenses e a satisfação de uma gente que ama receber os turistas.

Mesmo diante de grandes dificuldades em que os municípios brasileiros estão enfrentando, Buíque permanece com a sua maior festa. Durante cinco dias os foliões puderam se vestir de cores, fantasias e brilho.

Os blocos em sua maioria resgataram a alegria em animar as principais ruas e avenidas passando de porta em porta já anunciando que a festa era para todas as famílias. As ruas se enfeitaram de pureza com tantas crianças que puderam conhecer a magia que o carnaval traz com as canções que contagiam todas as idades com o efeito de um convite ao frevo.

Os turistas que chegaram na sexta-feira conseguiram acompanhar o bloco das Carmelitas onde homens saem pelas ruas vestidos de mulheres. As diversas atrações como Chiclete com Banana, Tatau, Troinha, Harry Estigado, Marreta é Massa, Santa Dose, DJ Léo Ventura, Acadêmicos da Bahia e tantos outros agradou a todos os públicos.

O ar em Buíque durante esse festejo remetia qualquer folião aos antigos carnavais de rua, banho de carro-pipa e chuveiródromo ao som da Orquestra Pernambucana de Frevo foram marcas que ficarão na memória dos turistas e da população local.

Para que um evento desse porte fosse realizado foi necessária a união de diversas Secretarias, além de parcerias com o comércio local e amigos. Ainda, durante a organização do evento, a Prefeitura pensou em desistir por falta de recursos, a fim de que os serviços essenciais para a população sejam mantidos sem sacrificar os setores por conta do Carnaval. Por outro lado, a Prefeitura teve um grande desafio, pois a festa aquece o comércio, gera renda e traz o turismo para Buíque. Diante disso, após reuniões foi definido que o Carnaval teria que ser mantido. O Chefe do Executivo Municipal junto as Secretarias de Finanças, Cultura, Saúde e toda a sua equipe de Governo se esforçou ao máximo para que conseguisse realizar um carnaval de qualidade e dentro das possibilidades do município já que a cidade não obteve outros recursos.

De certo, o Carnaval de Buíque foi elogiado por todos que puderam participar de uma festa tranquila. Segundo a Polícia Militar cerca de 40 mil pessoas circulavam na cidade por dia. Nenhuma ocorrência grave de violência foi constatada e a Coordenação da festa trabalhou para que isso fosse possível.

As Secretarias da Mulher, Assistência Social, Saúde, Juventude e Educação animaram as prévias com o bloco do Governo. Todos estiveram engajados para que fosse entregue o melhor carnaval do interior. No entanto, a Secretaria de Obras correu contra o tempo para que pudesse ampliar o Pátio de Eventos, como também iluminar toda a área da festa. A cidade ficou radiante com a limpeza urbana e o Departamento de Trânsito reorganizou o tráfego dos veículos a fim de evitar acidentes.

Mas o que ficará na memória mesmo é a magia de tudo o que envolve os Carnavais em Buíque, o resgate da cultura Pernambucana, o passo do frevo, as fantasias espalhadas, as homenagens aos artistas locais e sobretudo a alegria que o buiquense sente ao saber que tem o melhor e maior carnaval do interior.