Prefeitura de Buíque realiza reunião de Planejamento para área da Feira-Livre

Na tarde de ontem (26), na Sede da Prefeitura de Buíque foi realizada uma das maiores reuniões de planejamento do município. Diante das enormes dificuldades encontradas na cidade, o desafio de planejar e organizar á área e o entorno da Feira-Livre fez com que as Secretarias de Planejamento, Obras, Governo, Agricultura, Meio Ambiente, Juventude, Procurador, tributos e mais organismos junto aos engenheiros e Departamento de Trânsito, fossem acionados em busca da qualidade de vida dos buiquenses.

Um mapeamento do local foi apresentado com todas as problemáticas enfrentadas diariamente, na expectativa estão as melhores condições de trabalho, tráfego, atendimento, segurança alimentar e condições de atendimento ao público.

Desenvolver um trabalho dessa complexidade requer estudo técnico, habilidades e viabilidade diante das Leis Municipais. Para isso foram mobilizadas quase todas as Secretarias municipais, pois necessitará de um esforço imenso do Poder Público para que o município possa fazer mudanças estruturais na área que será um dos melhores e maiores centros de vendas, além de se tornar um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Portanto, deverá ser capaz de atender a demanda, ter estrutura física e principalmente transformar o local num ambiente adequado ao trabalho e compras para os buiquenses.

Certamente Buíque renovará as forças para o artesanato, comidas típicas e alimentos da região, onde a geração de emprego e renda sejam os alicerces para que melhorias sempre aconteçam e que a população sinta os benefícios nos próximos meses e anos.

Visualizar fotos

Feira-livre recebe atenção e apoio do Poder Público e SEBRAE

Imagem: César Barmonte

Aconteceu hoje pela manhã (9), a reunião de estratégias para melhorar a Feira-Livre de Buíque.  Numa parceria com o SEBRAE, a Prefeitura de Buíque através das Secretarias de Agricultura, Meio Ambiente, Governo, Turismo e Cultura, Obras, Juventude e Trânsito estiveram em sintonia com a Vigilância Sanitária, Conselho Municipal e Feira-livre.

Num esforço conjunto com engenheiros e organismos municipais foi verificada a necessidade de um recadastramento de feirantes para que a Prefeitura possa viabilizar melhorias no setor. Em respeito às próprias leis, é necessária a sensibilização de todos os envolvidos para que sejam beneficiados com a implantação dos programas assistenciais fornecidos pelo SEBRAE.

A necessidade de adequação é prioritária para que haja um aumento nas vendas. Pensando na segurança alimentar e melhorias das condições de trabalho e renda, o SEBRAE promoverá oficinas e cursos como manipulação de alimentos a fim de que a Feira-livre se torne um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

Nesse quesito, a larga experiência com o mercado faz do SEBRAE o um dos maiores parceiros em organização e estrutura sistemática de comércio. Para que o empreendimento seja um sucesso, será necessária a colaboração de toda a população e o poder atuante dos diversos segmentos comerciais, bem como todo o apoio estrutural das Secretarias Municipais. Assim, avançaremos com fôlego para os melhores resultados econômicos no município.