Secretaria de Assistência Social de Buíque junta Poderes no Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no município

Nesta terça-feira (15), a Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Assistência Social de Buíque defendeu a garantia de direitos, fortalecendo o exercício da cidadania e combatendo todo tipo de violações, abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes no município.

Em uma mesa de debates, a Assistência Social, de forma competente e organizada conseguiu reunir os três Poderes em uma mesma causa. O Executivo, o Legislativo e o Judiciário estiveram presentes em um debate importante para toda a sociedade.

De forma transparente o tema em suas múltiplas fases e contextos foi apresentado de maneira brilhante pela exposição da peça teatral “Mexa-se”, a partir do teatro do oprimido, foi possível enviar uma mensagem forte e eficaz ao público que assistiu com muita atenção.

A violência pode acontecer dentro ou fora de casa, das mais variadas formas, seja física, verbal, sexual, psicológica, doméstica, por gênero ou negligência. Todas deixam marcas profundas nas vítimas e é necessário que esse tema seja abordado em todas as esferas da sociedade.

A Secretaria de Assistência Social está atenta aos direitos e deveres do Estado, percorre a sociedade em busca de soluções para os casos ocorridos no município e sabe que unir forças é a melhor saída para uma questão tão séria e que compromete o futuro de milhares de crianças e adolescente no município. Estiveram presentes os Secretários de Educação, Assistência Social, Meio Ambiente, Mulher, Juventude, Governo, Saúde, Gabinete, Chefe do Executivo, Vereadores e Promotor. Além dos palestrantes e representantes da Secretaria da Mulher do Governo do Estado.

MESA DE DEBATES: FAÇA BONITO - MEXA-SE - 15.05.2018

Secretaria de Saúde apresenta Plano de Ação para evitar surto de dengue no Município

Imagem: PauloCézar Cavalcanti

Na manhã da quarta-feira (05/04), no auditório da Escola Técnica Cyl Galindo, a Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Saúde, integrada às Secretarias de Educação, Assistência Social, Secretaria da Mulher, Secretaria de Turismo, Secretaria da Juventude, Sesc Buíque, Associação Comercial, Vereadores além do vice-prefeito e médico Dr. Dílson, apresentou um Plano de Ação para trabalhar em todos os setores da sociedade no combate ao mosquito da dengue. De acordo com o Levantamento Rápido de Infestação Predial (LIRA), a necessidade de pedir a colaboração de toda a população para combater o mosquito Aedes Aegypti nas casas é urgente.

Segundo o levantamento feito pelos Agentes comunitários de Endemias (ACE) quando um município chega com uma pontuação 4, entra em sinal de alerta. No caso de Buíque, após levantamento foi constatado que o índice chega a 13 na escala. Para que o empenho seja efetivamente comprometido com a causa, as áreas de maior risco como foi apresentado no LIRA, o bairro Frei Damião está entre as áreas de maior risco.

Sendo assim, para evitar um surto epidêmico de dengue, os agentes de endemias e saúde são peças importantíssimas para o sucesso da campanha que se inicia. Um exemplo desse papel fundamental para o fortalecimento da causa foi o brilhante trabalho desempenhado no Cemitério Municipal e no Estádio Osório de França Galvão onde foi feito uma limpeza em todas essas áreas.

A população contará com a ajuda do carro fumacê, mas a maior responsabilidade pela campanha tem que partir da própria conscientização da população, para que não acumulem garrafas, pneus ou qualquer recipiente com água parada. Os distritos também serão atendidos pelos agentes e por todos os mecanismos necessários para uma mobilização geral.

Para que todos participem, funcionários e população, divulgaremos da melhor forma possível. É importante que não deixemos esse mal acontecer. Prevenção é a melhor medida. E, pensando nisso, A Secretaria de Saúde abre sua Campanha de Conscientização no Combate à Dengue. O Poder Público faz o seu papel, mas com certeza o mais fundamental é o combate por parte da população buiquense.