Museu de Buíque em restauração será reinaugurado no aniversário da cidade

Buíque é uma terra maravilhosa, berço de grandes talentos a exemplo do talentoso escritor Graciliano Ramos e do Jornalista Cyl Galindo. Na arte, Luiz Benício, José bezerra e Fábio Ramos completam o que mais primário se tem da terra e transforma em arte e fé as peças em madeira.

Artistas Plásticos como Billy Kid e Quiterinha que encantam a todos que conhecem suas artes, no Cordel Paulo Tarcísio se revela um cordelista de primeira linha e na música Sabiá do Sertão é um aboiador irreverente que traz consigo a grandeza cultural de um povo.

Todos eles são apenas uma parte da cultura do município, daí a importância do Museu Municipal e para preservar a memória dos artistas e personalidade políticas e sociais que já foram e sobretudo dos que deixam suas marcas na atualidade, a preservação do Museu é fundamental para enriquecer a identidade do povo buiquense.

Resgatando esse feito, a Secretaria de Cultura está restaurando o local, com pintura e adequação das molduras que guardarão os tesouros mais valiosos da história do município. Salas serão ambientadas para que o turista sinta-se transportado para o ambiente em que as peças estão expostas.

Molduras e móveis serão limpos e restaurados para que se preserve por mais tempo as peças mais importantes do Museu. A Secretaria de Cultura também reformará o telhado com muito cuidado, pois a parte frontal foi construída em 1908 e outra parte em 1942.

A previsão de abertura do Museu para visitações é na sua reinauguração no aniversário da cidade no dia 12 de maio. O local será um ambiente importantíssimo para professores e alunos, além de encantar os turistas que sairão de Buíque certos de que o município tem identidade histórica, cultural e social.

Artesão buiquense tem peças expostas no Rio de Janeiro e em Novela da Globo

O artesão Luiz Benício traz uma marca pessoal em suas artes e cada vez mais suas obras são valorizadas em todo o Brasil. Um exemplo disso é o contexto em que atualmente se encontra o seu trabalho, com obras na Novela do Outro Lado do Paraíso, Luiz vive o que considera um dos pilares que finca de vez sua marca em todo o país e até no exterior.

Atualmente ele enviou peças para fazer parte do acervo que compõem uma Exposição no Museu Janete Costa no Rio de Janeiro. O Museu de Arte Popular é praticamente um complemento do MAC. Os visitantes saem de um para o outro à procura de Artesanatos.  O Museu leva o nome de Janete que foi pioneira e que elevou o Artesanato Brasileiro aos mais altos patamares. E, não seria diferente com o buiquense Luiz Benício que encanta aos visitantes com suas peças únicas em qualquer exposição pelo Brasil.

Nascido de pais agricultores em 15 de Maio de 1972, Luiz se reinventa na Arte Popular todos os anos. Há 12 anos participa da maior Feira de Artesanato da América Latina, a FENEARTE. Pai de quatro filhos e casado leva a arte para dentro de casa onde mora e trabalha, na Vila do Catimbau, em Buíque, Pernambuco. Desde menino, era muito curioso e aprendeu por conta própria a ler e escrever com uma Cartilha de ABC, onde descobriu tirando dúvidas com quem sabia sobre as sílabas, o que faz dele um espetacular artista em todos os sentidos.

Durante a FENEARTE suas obras já foram expostas na Alameda dos Mestres e com premiação no Salão de Arte Popular Ana Holanda, Luiz sabe da missão artística que tem. Pois, há alguns anos que suas obras fazem parte de Exposições pelo mundo, como foi o caso do Canadá, Milão, Estados Unidos e Tel Aviv em Israel. Ainda no Brasil, o Festival de Inverno de Garanhuns é palco de suas obras. E, Novelas como A Lei do Amor teve participação no último capítulo com cinco peças feitas pelas mãos do artesão. Mas, a grandeza de seu trabalho está nas mais de cem peças que foram enviadas pelo artista para que fossem utilizadas na nova novela da Globo: Do Outro Lado do Paraíso; Suas obras também já foram publicadas em diversos jornais, revistas e livros.

A Exposição no Museu Janete Costa, no Rio de Janeiro, vai até o mês de Abril e o artista se consagra cada vez mais na Arte e no dia 20 de Janeiro Luiz também participará de uma Exposição na Vila do Catimbau onde terá um livro publicado com seu trabalho.

Artes de Luiz Benício

Artesãos buiquenses participam da 10ª Expouraço de Cachoeirinha

Durante essa semana a convite do Legislativo, artesãos buiquenses participaram da 10ª Expouraço (Exposição de Couro e Aço) em Cachoeirinha no agreste pernambucano.

Lá, cerca de 70% dos moradores vivem do artesanato feito de couro e aço. Desse total, 75% são feitos por homens e 25% por mulheres. Na cidade há 412 fabricos e grande parte da economia se deve a essa fabricação. Participaram do evento as comunidades do Catimbau, Malhada Branca, Kapinawá e o artesão Fábio Ramos.

A Secretaria da Mulher acompanhou todo o evento. O artesanato é um trabalho minucioso que requer atenção e paciência, com ele um município pode gerar emprego e renda. Por isso, é necessário que o Poder Público fortaleça e aprimore a cada dia a tarefa de produzir e desenvolver técnicas de boas vendas. Nesse sentido a Prefeitura de Buíque tem colaborado de forma significativa para o crescimento do artesanato no município de forma que os moradores consigam um crescimento econômico mesmo em tempos difíceis.

expouraco (1)

Prefeitura de Buíque compra instrumentos musicais para a Banda Municipal

Há anos que Buíque não tinha o orgulho de ver apresentações da BAMBU ( Banda Municipal de Buíque), ao iniciar o ano foi constatado que não havia um instrumento musical. Mas, a Prefeitura de Buíque se comprometeu a levantar a Banda Municipal, dando oportunidade aos músicos buiquenses de aprender a tocar instrumentos e trazer mais uma vez para o município o orgulho suprimido.

Na manhã desta sexta-feira foram entregues cerca de setenta e dois itens entre instrumentos e equipamentos musicais, um investimento de mais de sessenta mil reais. Com isso, jovens poderão se tornar grandes profissionais da música, já que os equipamentos são de alta qualidade, inclusive por esse motivo foram comprados em Minas Gerais, pois em Pernambuco não tinha instrumentos desse porte.

A Secretaria de Finanças informou que os instrumentos foi fruto de um investimento responsável, pensando em dar uma oportunidade de melhorar de vida no município. Já a Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer tem certeza que o investimento é essencial para que Buíque tenha uma cultura própria e rica nos próximos anos, pois a intenção é que se forme uma filarmônica que possa se apresentar em outros municípios. A BAMBU conta com as instruções de dois Maestros, trinta e oito componentes e dezessete pessoas na Comissão de Frente. A banda vinha ensaiando com instrumentos musicais emprestados, agora com a chegada dos novos instrumentos terão mais tempo disponível para os ensaios que culminará no dia 7 de setembro no Desfile Cívico. Sua primeira apresentação será às 8h, no Hasteamento das Bandeiras na frente da Sede da Prefeitura.

Essa é mais uma vitória para o povo buiquense, é o resultado de uma Gestão competente e compromissada com os jovens, com o futuro e com a dignidade do seu povo.

Secretaria da Mulher de Buíque promove Audiência Pública fortalecendo o movimento para mulheres

Na manhã de ontem (16) mulheres tomaram conta da Praça para efetivar as Políticas Públicas voltadas para as mulheres de Buíque. Em um grande evento promovido pela Secretaria da Mulher, a população teve a oportunidade de conhecer todas as questões voltadas ao público feminino.

A participação do Governo do Estado, do Governo Municipal, de Vereadores e Vereadoras de Buíque, Arcoverde, Tupanatinga, Ibimirim, de Secretários Municipais, gestoras, SESC e Organismos de Saúde se uniram em prol do Empoderamento de Mulheres a fim de trazer para toda a sociedade buiquense a consciência coletiva, expressando por ações o fortalecimento do gênero e sua equidade.

O tema da I Audiência Pública: Ação Mulher no Legislativo, por ser muito pertinente, foi bastante trabalhado em todas as falas. O Combate à Violência Doméstica e Familiar e a Aplicabilidade da Lei Maria da Penha foram os pontos centrais da reunião. Na ocasião, movimentos culturais foram apresentados através das danças dos Índios Kapinawá e os Quilombolas do Mundo Novo. Ainda, os presentes puderam apreciar os artesanatos do Catimbau.

A Prefeitura de Buíque reconhece a importância do espaço e dos direitos das mulheres. Por isso, percorreu um caminho mais firme em direção a criação da Secretaria da Mulher em Buíque, para que as políticas públicas voltadas as mulheres sejam de fato realizadas.

Essa importante visita do Governo do Estado, pela segunda vez, em sete meses prova que o município está em sintonia aos anseios da população e procura resolver as problemáticas buscando parcerias e a responsabilidade em outras esferas que possam fortalecer os trabalhos em todo o município.

acao-mulher-no-legislativo (1)

Secretaria da Juventude comemora o Dia Internacional da Juventude com diversas atividades

A Secretaria da Juventude de Buíque reuniu estudantes e representantes das Secretarias de Juventude, Educação, Turismo, cultura, lazer e esportes na Escola Técnica Estadual Cyl Galindo – ETE, às 9h do dia 14/08 para a inauguração da MIDIATECA – uma fonte de pesquisas online com conteúdo informativo e histórico relacionado a Buíque e o Parque Nacional do Catimbau. A iniciativa beneficia, professores e estudantes locais, tendo em vista o fornecimento de dados sobre o município. O site disponibiliza um acervo de mapas, trabalhos acadêmicos, documentários, áudios, fotografias e livros.

A página tem o objetivo de servir como fonte de pesquisa sobre Buíque e o Parque Nacional do Catimbau, fortalecendo a aquisição de dados sobre a história e cultura de nossa cidade. Sendo assim, uma grande conquista para a juventude local.” – César Barmonte, criador do site.

O Prefeito Arquimedes Valença, esteve presente e salientou sobre a importância da juventude para o desenvolvimento da cultura e educação no município e sobre o quanto é importante a constante busca pelo conhecimento para a profissionalização dos jovens, tendo em vista as vagas existentes no mercado de trabalho e a escassez de mão de obra qualificada para ocupá-las. Também falou sobre a continuidade do pórtico da cidade e da atenção às temáticas que envolvem o turismo local, principalmente tratando-se do Parque Nacional do Catimbau para o desenvolvimento do município e a geração de renda a partir da produção cultural.

Às 17h, um aglomerado de pessoas se uniu para participar do Aerodance – combinação de exercícios físicos com musica ao ar livre que vem atraindo pessoas de várias idades desde quando foi implantado no início de 2017.

Das 19h às 23h, um evento multicultural para fechar a noite no Bleskina com grupos de dança e teatro, música eletrônica, vários artistas e bandas locais, trouxeram uma rica mistura de ritmos num ambiente de muita animação – trata-se do primeiro Festival da Juventude em Buíque, realizado pela Secretaria da Juventude em parceria com SESC. O valor da entrada: 1kg de alimento por pessoa, destinados a famílias carentes da região. O dia Internacional do estudante em Buíque ficou marcado pelo mix de variedades apresentadas.

1-festival-da-juventude (5)

Dia do Estudante é comemorado em toda Rede Municipal de Ensino de Buíque

O dia 11 de agosto é comemorado por todos os estudantes do Brasil, essa data é marcada desde que foram instituídos os dois primeiros cursos de ciências Jurídicas e sociais do país, por Dom Pedro I, por volta do século XIX.

Não seria diferente em Buíque e a Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Educação comemorou essa data tão especial, junto as mais diversas escolas espalhadas pelo município. Com atividades que foram do cinema aos desfiles estudantis, o Dia do Estudante foi bastante animado e promissor.

Os alunos puderam apresentar seus talentos nas artes, músicas e livros. De forma, lúdica muitos entenderam que o dia é comemorado para lembrar a importância do compromisso firmado entre os estudantes, a escola, o Poder público, a família e os professores.

Visualizar fotos

Artistas buiquenses estão representando Buíque na 18º edição da FENEART

A Prefeitura de Buíque mais uma vez traz brilho para a cidade, com todo o apoio os artistas plásticos buiquenses estão representando o município através de suas artes na 18º Edição da Feneart. Considerada a maior feira de artesanato da América Latina, a feira é uma iniciativa do Governo do Estado.

O evento será dos dias 06 a 16 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. A Feneart tem o objetivo de valorizar e difundir os saberes tradicionais e potencializar o crescimento do artesanato em Pernambuco

Luís Benício, Fábio Ramos, Quitéria Fracinete (Quiterinha) e Cleide Andrade estão com as peças localizadas na Alameda dos Mestres, no Salão Ana Holanda, espaço dos Mestres, Arte Popular, Salão de Artes Religiosas e Espaço SEBRAE.

As mais diversas expressões artísticas dos artesãos buiquenses estão presentes nas peças em madeiras, papel machê, Bonsai do sertão e outros. A Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, trouxe uma proposta acolhedora, onde fez todo o acompanhamento do evento juntamente com os artistas, levando-os para que Pernambuco conheça as riquezas artesanais da nossa terra.

APAE mostra que especial mesmo é o São João

Durante os festejos juninos a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) promoveu o maior festejo junino dos últimos tempos. Com muita animação, arrasta-pé, comidas típicas e músicas tradicionais, os alunos participaram dessa festa nordestina.

A dança comoveu a todos, pois o esforço em mostrar as melhores performances só transmitia o carinho e cuidado recebidos por todos que são comprometidos com a causa. No entanto, desenvolver um trabalho como esse não é fácil. Tempo, dedicação e empenho são os aliados no sucesso dessa empreitada. Mas vale cada sorriso, cada inclusão e cada avanço. A APAE Buíque recebe todo o apoio necessário as Prefeitura de Buíque, pois sabendo da importância desse projeto para o município, é necessário que esse olhar direcionado seja contínuo e acolhedor.

Dessa forma, a APAE mostra que o que temos de especial é a alegria contagiante de uma época que traz as melhores comidas, brincadeiras, cultura, dança e música para o nordeste. Os participantes estavam caracterizados com roupas ligadas à época junina, não faltou xadrez, enfeites e acima de tudo superação e animação. É APAE resgatando as tradições nos corações dos mais especiais portadores de alegria.

Visualizar fotos

Escolas da Rede Municipal de Ensino dão um show de cultura popular em Buíque

Durante todos os dias da semana junina, as escolas municipais preparam festas belíssimas com a colaboração dos alunos. Foram dias de muito arrasta pé, comidas típicas, quadrilhas e apresentações.

Buíque é uma cidade genuinamente nordestina e como tal não poderia ser diferente. O esforço conjunto da Prefeitura de Buíque, através da Secretaria de Educação, gestores, professores, pais e alunos puderam mostrar todo o encanto que o movimento junino trás.

Numa valorização cultural preservada, a Secretaria de educação desempenhou um papel fundamental na elaboração de eventos festivos e toda a Secretaria esteve presente em muitos encontros nas escolas. A festa ficou por conta do empenho das escolas da zona urbana e rural.

Diante de uma comemoração tão típica, os alunos puderam vivenciar a rica cultura nordestina com danças, samba de coco, comidas e bebidas típicas, levando para si a certeza de que o nordestino deve ter muito orgulho de suas raízes. Professores se desdobraram e trabalharam junto aos alunos com suas apresentações para a comunidade. Roupa xadrez, vestidos e fitas fizeram meninos e meninas protagonistas dos mais belos sorrisos. Decorações típicas com bandeiras, fogueiras e palhas foram cercadas de admiração. Uma coisa é certa, São João é uma época encantadora, onde a simplicidade se torna majestosa, é palco da zabumba, triângulo e sanfona. Não há quem fique parado, pois a música do Rei do Baião é eternizada em cada lugar do nordeste. Buíque se vestiu de festa, sorrisos e boa música. Viva São João! Viva São Pedro!

Visualizar fotos