Autorizadas obras de abastecimento do Carneiro e Barro Preto em Buíque

Com o auditório da Escola Manoel Benício tomado pelos moradores do Carneiro e do Barro Preto, o prefeito de Buíque, Arquimedes Valença, juntamente com o vice-prefeito Túlio Monteiro, anunciaram o início das obras de abastecimento das duas comunidades ao lado dos representantes do SISAR – Sistema Integrado de Saneamento Rural e do Governo do Estado. A boa nova foi saudada pelos buiquenses presentes pois concretiza um sonho de décadas. Para o prefeito, mais uma luta que chega a sua fase de realização para a alegria de todos os envolvidos e beneficiados.

“Hoje me sinto mais feliz porque ver que estamos aqui dando início a uma obra tão prometida e que com muito esforço, a união da prefeitura com o SISAR e o governo do Estado, vemos ela finalmente sair do papel e ser concretizada com o começo da implantação da rede de distribuição que vai levar água para as casas dos moradores do Carneiro e do Barro Preto. Assim como aqui, estamos trabalhando também para levar água a outras comunidades rurais, como o Catimbau que já está em fase de projeto e o assentamento 2 Irmãos”, disse.

As obras estão orçadas em R$ 3 milhões e vão beneficiar diretamente 2.800 pessoas, devendo serem concluídas num prazo de seis meses. Buíque integra o SISAR Moxotó criado em 23 de abril de 2021 e que ainda é integrado pelos municípios de Arcoverde, Custódia, Ibimirim, Itaíba, Manari, Pedra, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa. As obras já começaram com a implantação da rede de abastecimento que vai levar água às casas dos buiquenses que moram nessas duas localidades.

Durante o evento, o vice-prefeito Túlio Monteiro destacou o empenho do prefeito Arquimedes Valença em levar água para todas as comunidades e a presidente do SISAR, Regiane Silva, o prefeito de Buíque “é um grande parceiro do Sisar. Viemos hoje fazer o maior papel de alegria. No ano passado plantávamos uma semente, alguns não acreditavam, mas hoje ele começa a se tornar realidade. Um projeto que nasceu de um modelo de gestão comunitário. Água na zona rural é prioridade no governo Paulo Câmara e essa obra vai começar e dentro de seis meses será entregue para beneficiar a todos”.

O secretário de Agricultura, Aldy Regis, também lembrou durante sua fala que a partir do dia 1º de setembro serão iniciadas as obras de abastecimento de água do Assentamento 2 Irmãos que irá beneficiar outras 300 famílias com a implantação de dois dessalinizadores. Para garantir a durabilidade e continuidade da obra, será feito um trabalho social nas comunidades para que se faça uma gestão compartilhada da água.

O objetivo do SISAR – Sistema Integrado de Saneamento Rural é ampliar de forma eficiente o acesso ao saneamento rural (abastecimento de água e esgotamento sanitário) a um custo baixo para seus beneficiários. A estimativa é que o Sisar Moxotó atenda a 120 mil pessoas de 622 comunidades e 30 mil imóveis rurais espalhados em dez municípios da região.

O vereador e presidente da Câmara Municipal, Felinho da Serrinha, falou em nomes dos demais vereadores presentes (Melque do Catimbau, Peba do Carneiro, Aline de André, Creusa Couto, Maria Clara, Cidinho e Neném Barão). Além do secretário de Agricultura, também estavam presentes os secretários Roberto Modesto (Governo), Marilan Belisário (Educação), Lourenço Camelo (Obras), Santina Oliveira (Mulher) e Thácia Valeriano (Meio Ambiente).

Postado em Abastecimento, Agricultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.