Prefeitura de Buíque adere ao Programa Internet Para Todos

No início desta semana, a Prefeitura de Buíque através do Chefe do Executivo Municipal, firmou a adesão ao Programa Internet Para Todos do Governo Federal. O projeto visa promover a melhoria nas informações para que a população possa usufruir de internet banda larga a preços acessíveis, com o objetivo de garantir às pessoas que moram nessas localidades condições para contratar um plano acessível de acesso à internet.

Para participar do Programa o município enviou um termo de adesão e nesse termo também definir as obrigações do município, como a garantia de infraestrutura básica para a instalação dos equipamentos de conexão e a aprovação pela Câmara Municipal da dispensa da cobrança de Imposto Sobre Serviços (ISS). O Programa será implementado a partir de acordos intermediados pelo MCTIC, entre empresas credenciadas e municípios.

A expectativa é de que os primeiros acordos sejam  firmados  no primeiro semestre de 2018. A contrapartida do município está  na garantia de isenção do ISS para as empresas prestadoras do serviço, bem como na seleção de um espaço na localidade indicada para a instalação de uma antena pela empresa de internet credenciada para prestar o serviço. A Prefeitura deverá ainda, garantir a segurança desse equipamento e também arcar com as despesas de energia elétrica que essa antena irá consumir.

O Programa tem o objetivo de garantir a disponibilidade do serviço de acesso à internet para população que vivem em localidades que não possuem o serviço ou que possuem de forma inadequada. As conexões serão realizadas por diversas tecnologias, seja rádio, fibra óptica ou também por satélite.

Em Buíque as localidades beneficiadas serão Aldeia Caldeirão, Aldeia Indígena Kapinawá, Amaro, Assentamento Dois Irmãos, Assentamento Pico, Catonho, Charco, Fernandes, Riachão, Sítio Mota, Sítio Muquem, Sítio Pereiros, Tanque, Vila Agrícola do Bem e o Xérem.

Buíque receberá 7 milhões para abastecimento de água

Há anos que regiões como a Ribeira localizada em Buíque no interior de Pernambuco sofrem com as questões climáticas. A estiagem castiga o homem do campo e por muitas vezes o faz abandonar suas terras em busca de emprego nas grandes cidades.

No entanto, Buíque acaba de receber a notícia de que esse mal está para ser encerrado com o investimento que receberá de sete milhões de reais provenientes da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) através de uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Fernando Monteiro para o abastecimento de água em três distritos buiquenses. Após o pedido do Chefe do Executivo Municipal ser atendido pelo Deputado Fernando Monteiro, os distritos do Carneiro, Ribeira e Catimbau serão beneficiados pela Emenda Parlamentar. O projeto que beneficiará mais de 2.800 famílias será implantado no Carneiro e Ribeira e ampliado no Catimbau através da adutora do Jatobá.

A meta de conclusão do projeto está prevista para até o final do ano. A FUNASA agilizará os recursos para que comecem os trabalhos e o problema de escassez de água seja amenizado em Buíque no agreste pernambucano. Além do abastecimento de água, Buíque já entregou diversos projetos através do Prefeito que serão analisados, um deles são os calçamentos de grandes bairros.

Secretaria de Saúde comemora o mês das mulheres em PSFs

Sabendo que o dia Internacional da Mulher é uma data apenas comemorativa que marca a luta das mulheres pelo direito ao trabalho e a dignidade, a Secretaria de Saúde vai além da data e comemora todos os dias o atendimento voltado às mulheres do município. É o que acontece durante todo o mês de março, onde as comemorações se estenderam trazendo assim mais atendimentos por todos os recantos da cidade.

Nos Postos de Saúde Familiar as equipes de Saúde organizaram palestras, distribuição de preservativos, atendimentos médicos, Testes rápidos, aferição de pressão e sorteios de brindes. Cada mulher que foi atendida tinha uma acolhida específica para que os resultados fossem satisfatórios. Os Postos de Saúde do Guanumby e Riachão lotaram e os atendimentos foram realizados um por um até que todas fossem verificadas caso a caso.

A secretaria de Saúde demonstra muito carinho as mulheres do município, principalmente as gestantes que na maioria dos casos são acompanhadas mensalmente. Outro fator relevante que está fazendo o município ser reconhecido com um dos melhores resultados do interior de Pernambuco são as vacinas. O município conseguiu fechar em cem por cento as metas de vacinação, além dos cuidados pela Vigilância de Endemias que conseguiu reduzir os focos de dengue de 13% para 4%, fator principal da erradicação de surtos. Tudo isso, contribuiu para que o município ocupasse o melhor desempenho em 1 ano e 3 meses de gestão a ocupar o primeiro lugar na VIGERES como o município que entrega uma saúde reestruturada. Mesmo diante das dificuldades financeira que os município do país estão vivendo, Buíque segue com ações específicas voltadas para as mulheres, com atendimento de emergência e urgência na Casa de Saúde, além de transporte diário de doentes para fora do domicílio com um ônibus próprio comprado no último ano, com atendimentos médicos nos Postos de Saúde e com enfermeiros e técnicos. Ainda, a Secretária de Saúde disponibiliza uma Casa de Apoio aos doentes que precisam do transporte TFD. E, acima de tudo a humanização e parcerias que são realizadas a fim de que os buiquenses recebam o melhor da gestão. Por todo o trabalho que a Secretaria de Saúde vem lutando, os resultados vêm através dos órgãos competentes que respondem com estatísticas as melhorias pelas quais a Secretaria busca, sem mencionar os milhares de reais investidos em equipamentos e mobílias novas para os Postos de Saúde e a Casa de Saúde.

Prefeitura de Buíque lança o edital de seleção simplificada para vagas temporárias no município

A Prefeitura de Buíque, no agreste pernambucano, fará seleção simplificada para cadastro reserva visando o preenchimento de vagas temporárias que forem surgindo para os casos excepcionais com tempo determinado a ser ocupados. Um exemplo disso são as licenças que previstas em Lei só podem ser preenchidas por contratos temporários, pois quando o funcionário efetivo reestabelece a saúde, ele volta ao seu posto de trabalho e o contratado tem seu contrato encerrado por ter completado o prazo ao qual foi destinado ocupar pelo breve tempo.

Outro caso bem peculiar são os readaptados. Os profissionais que sofrem a redução da capacidade laborativa e deixam de ser produtivos em determinadas funções por um tempo, precisam ser inseridos em funções diferentes as quais inicialmente ocuparam e nesse caso quando esses profissionais melhoram suas capacidades também voltam ao seu posto de origem, daí a necessidade de que suas funções também devem ser preenchidas por temporários é o que prevê a lei. Em todos esses casos o Ministério Público recomenda que o município faça contratações através de Seleção Simplificada, inclusive para vagas que não foram ofertadas pelo último Concurso Público do município.

Dessa maneira, a Prefeitura de Buíque acaba de divulgar o Edital para realização da Seleção Simplificada 2018. O período de inscrição vai do dia 19/03 até 06/04, das 8h às 13h na Secretaria de Educação do município. As remunerações variam de R$ 954,00 a R$ 4,500.

As taxas de inscrições variam de R$20,00 a R$40,00 conforme o cargo escolhido. Todas as informações poderão ser obtidas no edital publicado no site Oficial da Prefeitura. Para saber mais clique aqui.

Mês da Mulher é comemorado pela Secretaria de Assistência Social de Buíque

Durante o mês dedicado exclusivamente as mulheres do município, a Prefeitura de Buíque está realizando diversas atividades no município. Em especial, a Secretaria de Assistência Social preparou várias atividades voltadas ao público feminino.

E, foi assim, na manhã desta segunda-feira durante o “Café com elas” onde o CRAS e CREAS fortaleceram as Políticas Públicas para as Mulheres com muita diversão e palestras. A Secretaria da Mulher que é Órgão Municipal que instrumentaliza os mecanismos de defesa em situações de vulnerabilidade das mulheres do município esteve presente em todas as ações a fim de fortalecer o combate à violência contra as mulheres. As orientações fizeram parte do projeto que irá culminar no próximo dia 14 de Março, às 8hs, no Clube Municipal onde as Secretarias de Saúde, Assistência Social, Mulher, educação, Juventude e o Sesc Ler se unirão para a “Ação Mulher” que disponibilizará diversos serviços gratuitos exclusivamente voltados para mulheres.

Uma das atividades realizadas pela Secretaria de Assistência Social aconteceu na tarde de terça-feira em um encontro no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos onde muitas idosas passam suas manhãs com alimentação, cuidados com a higiene, atendimentos médicos, exercícios físicos e atividades de artesanatos.

As atividades em comemoração ao “Mês das Mulheres” foram preparadas por Coordenadores, Assistentes Sociais e Psicólogos que realizaram dinâmicas, vídeos motivacionais e Oficina de origamis com caixa decorativa, além da distribuição de lanches e brindes.

A Secretaria de Assistência Social cumpre seu papel de ressocializar pessoas trazendo para todos atendimento médico, assistencial e principalmente oferecendo formas da população carente ser inserida novamente no meio social de forma equilibrada e com condições de igualdade.

Maternidade Alcides Cursino realiza roda de gestante em parceria com a Prefeitura de Buíque

Na última quarta-feira a MAC (Maternidade Alcydes Cursino) em parceria com a Secretaria de Saúde e Secretaria de Assistência Social de Buíque realizou um evento dedicado exclusivamente às mulheres gestantes do município.

Em um momento descontraído as parteiras, médico, enfermeiras e diretora do hospital puderam mostrar o quanto é importante que as gestantes conheçam tudo o que cerca esse momento especial que vai desde a concepção até o nascimento do bebê. Na ocasião, foram abordados diversos temas, mas sobretudo o fato de que a MAC está de portas abertas para receber as gestantes com uma infraestrutura invejável para um parto natural.

Ainda, as gestantes puderam sanar dúvidas sobre o parto, regularizar seus cadastros para o acompanhamento gestacional e também conhecer as instalações de primeiro mundo onde seus filhos poderão nascer com o acompanhamento de toda equipe do hospital.

A Prefeitura de Buíque faz o acompanhamento mensalmente nos postos de saúde da Família em todo o município. Também faz o acompanhamento dessas mulheres através do Programa Mãe Coruja que esteve presente junto as suas equipes para orientar a importância da prevenção e exames.

Após as falas das equipes, as grávidas acompanharam a diretora do hospital que apresentou os equipamentos de última geração que a MAC dispõe, materiais que muitas vezes não se encontra em muitos hospitais de grande porte por onde gestantes saem a procura fora do município.

Há muitos anos a Maternidade é referência no município. Por esta razão, encontrar uma infraestrutura acolhedora é fundamental para o sucesso do parto. Contando com uma sala de pré-parto, cama PPP que levanta, senta e deita, sala de cuidados com o recém-nascido, sala de parto com cama PPP, berço aquecido, material de reanimação fetal e pediátrico, baby puff, o2, capacete de transferência, balança, ventilador pulmonar e detector fetal faz da MAC realmente uma referência. O hospital também comemora os passos que seguem para em breve inaugurar sua sala de cirurgia que certamente será um avanço na saúde do município.

A diretora Amanda Cursino demonstra toda a felicidade em atender as gestantes e garante que os atendimentos são direcionados a humanização do parto e que os casos excepcionais são transferidos quando a maternidade realmente não tem como intervir por questões da própria saúde da gestante e do bebê. Ela ainda, enfatiza que para haver sucesso no parto é necessário que a gestante seja bem acompanhada no pré-natal, evitando assim, os riscos desnecessários que faz muitas vezes com que elas sejam transferidas de última hora para conseguir atendimento sem garantia pelas cidades a fora. E, por isso pede que as gestantes procurem a MAC para que recebam as orientações necessárias.

Secretaria de Agricultura promove reunião para articular abastecimento de água na zona rural

Diante das dificuldades que o campo enfrenta é a estiagem é certamente o ponto principal. Sendo assim a Operação Carro Pipa Executada pelo Exército é fundamental para amenizar essa questão, porém com a chegada de alguns dias chuvosos alguns pontos do município respiraram aliviados já que os barreiros e depósitos conseguiram armazenar água.

Com isso, o Ministério da Defesa/Exército que é responsável pela Operação Carro Pipa que fornece água nos reservatórios de todos os recantos do município que sofre com a estiagem iria suspender o fornecimento.

No entanto, a Secretaria de Agricultura fez um levantamento e constatou que em alguns pontos do município não choveu ao ponto dos moradores conseguir armazenar água. Dessa forma, imediatamente a Secretaria de Agricultura se reuniu com a COMDEC (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil) e os representantes do Ministério da Defesa/Exército para evitar a suspensão no fornecimento de água pelo Órgão responsável já que isso resultaria, ainda que temporariamente, em prejuízo significativo para boa parte da população que necessita de água potável oferecida pela Operação Carro Pipa. Uma das soluções para o problema seria o remanejamento de carradas que seriam entregues para as áreas que choveu para as áreas de estiagem, diminuindo onde está sobrando e aumentando onde há necessidade.

Com relação a situação de enchimento de reservatórios colapsados, os membros da COMDEC informaram que houve um pequeno acréscimo no volume de alguns barreiros da região, porém esta água que neles são acumuladas não servem para o consumo humano, devem ser utilizadas somente para os animais e lavoura.

Por tudo isso, ficou decidido que não haverá a suspensão do fornecimento de água potável e o COMDEC que responsabilizou em fazer um levantamento de todos os pontos de abastecimento do município para que o mapeamento seja útil a Secretaria de Agricultura e o fornecimento de água seja contínuo.

Secretaria de Saúde intensifica o combate ao Aedes Aegypti e prioriza gestantes com doação de repelentes

Há alguns anos o Brasil vem sofrendo com surtos calamitosos de casos de Dengue, Zika, Chikungunya e agora os mais recentes casos de Febre Amarela. O que essas doenças têm em comum é o transmissor já comprovado o Aedes Aegypti. O famoso mosquito da “dengue” é menor que os mosquitos comuns, tendo a coloração preta com listras brancas em seu tronco, cabeça e pernas. Suas asas são translúcidas e o seu ruído é praticamente inaudível.

O mosquito sobrevive em torno de 30 dias, sendo a fêmea que precisa de sangue para o amadurecimento dos ovos que geralmente giram em torno de 150 e 200 depositados em locais de água limpa. Por esta razão, o combate deve ser constante e a Vigilância em Endemias – organismo mantido através da Secretaria de Saúde, trabalha incansavelmente indo de casa em casa fazer inspeções de armazenamento de água e entulhos para que a população cada vez mais se conscientize da importância de limpar seu próprio terreno a fim de que o combate seja algo além de saúde pública, que se transforme em conscientização social.

Para que nesse momento de combate a Febre Amarela em especial, a Secretaria disponibilizará toda a sua equipe de Agentes de Endemias para fazer o levantamento dos locais de foco. Pois, com a chegada das chuvas é provável acontecer um surto logo cesse as trovoadas e o apelo é para que as famílias cuidem de seus quintais e limpem garagens, vasos de plantas, garrafas, pneus ou qualquer tipo de lugar que a água fique parada. Inclusive pequenas poças formadas pelas próprias chuvas. Todo o cuidado deve ir além do trabalho da Vigilância Sanitária, é algo onde a própria população possa contribuir para que os índices alarmantes que um dia Buíque teve nunca mais voltem.

Para contribuir nos cuidados emergenciais das gestantes, já que a Zika é transmissora da Microcefalia e já que Pernambuco foi o Estado com as maiores gestantes acometidas com o problema, todo cuidado é pouco. Sendo assim, a Secretaria de Saúde realizou a compra de repelentes para doar as gestantes do município para que façam uso e afastem de si o máximo que puder o mosquito transmissor dessas graves doenças.

Com o esforço de todos é possível que Buíque nunca mais prevaleça em índices precários com essas doenças que mais acometeram o Estado de Pernambuco em anos passados. Agora é a vez da população ficar atenta e contribuir para uma saúde de qualidade no que depende muito mais do esforço das pessoas em geral. A Secretaria de Saúde faz sua parte ao convocar os Agentes de Endemias para realizar inspeções e orientar os moradores, mas jamais conseguirá vencer essa luta sozinha. Por isso é fundamental a participação de todos!

Buíque é aprovada pelo Governo Federal e construirá mais de 600 casas do Programa minha Casa Minha Vida

Desde o início dessa nova Gestão, a Prefeitura de Buíque vem numa luta constante para que Buíque consiga habitação para centenas de famílias buiquenses. Para a alegria de muitos  saiu no último dia 28 de Fevereiro no Diário Oficial da União a relação das localidades que receberão casas provenientes do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.

Buíque ultrapassou diversos municípios e adquiriu através da articulação do Governo Municipal com o Governo Federal mais de seiscentas casas. A principal preocupação do Chefe do Executivo era que a mão de obra fosse totalmente do município para gerar emprego e renda aos buiquenses. Nesse caso, todo o processo foi aprovado e o Governo construirá 609 casas distribuídas por regiões e centenas de famílias serão beneficiadas pelo Programa com a aquisição da casa própria, além de aumentar sua renda com empregos que serão gerados pela construção civil.

Os projetos são realizados pela Caixa Econômica Federal em parceria com o Governo federal e a Prefeitura de Buíque. Uma ação conjunta de articulação feita pelo Prefeito Arquimedes Valença junto ao Deputado Federal Fernando Monteiro e o Ministro das Cidades Bruno Araújo. Na ocasião, foram destinadas 309 casas para área urbana e 300 casas para área rural que será divida da seguinte forma: 50 casas para o Carneiro/Serrote Preto, 50 casas para a Serra do Catimbau, 50 casas para Catimbau (rural) e 150 casas para a Aldeia Indígena.

O início da construção das casas está previsto para daqui a sessenta dias e toda a mão de obra será buiquense, mais uma grande conquista que vai gerar empregos na construção civil através de empresas e entidades, trazendo assim o desenvolvimento e o progresso pelos quais a Prefeitura de Buíque luta em busca de melhorias para as famílias mais carentes do município. Ao todo serão construídas cerca de 2.573 unidades em 23 municípios do Agreste de Pernambuco.

Museu de Buíque em restauração será reinaugurado no aniversário da cidade

Buíque é uma terra maravilhosa, berço de grandes talentos a exemplo do talentoso escritor Graciliano Ramos e do Jornalista Cyl Galindo. Na arte, Luiz Benício, José bezerra e Fábio Ramos completam o que mais primário se tem da terra e transforma em arte e fé as peças em madeira.

Artistas Plásticos como Billy Kid e Quiterinha que encantam a todos que conhecem suas artes, no Cordel Paulo Tarcísio se revela um cordelista de primeira linha e na música Sabiá do Sertão é um aboiador irreverente que traz consigo a grandeza cultural de um povo.

Todos eles são apenas uma parte da cultura do município, daí a importância do Museu Municipal e para preservar a memória dos artistas e personalidade políticas e sociais que já foram e sobretudo dos que deixam suas marcas na atualidade, a preservação do Museu é fundamental para enriquecer a identidade do povo buiquense.

Resgatando esse feito, a Secretaria de Cultura está restaurando o local, com pintura e adequação das molduras que guardarão os tesouros mais valiosos da história do município. Salas serão ambientadas para que o turista sinta-se transportado para o ambiente em que as peças estão expostas.

Molduras e móveis serão limpos e restaurados para que se preserve por mais tempo as peças mais importantes do Museu. A Secretaria de Cultura também reformará o telhado com muito cuidado, pois a parte frontal foi construída em 1908 e outra parte em 1942.

A previsão de abertura do Museu para visitações é na sua reinauguração no aniversário da cidade no dia 12 de maio. O local será um ambiente importantíssimo para professores e alunos, além de encantar os turistas que sairão de Buíque certos de que o município tem identidade histórica, cultural e social.